20/06/2016 09:33

Sob olhares de Tite e Cristóvão, Corinthians vence e volta ao G4

198 Visualizações

Sob olhares de Tite e Cristóvão, Corinthians vence e volta ao G4

Timão conquista vitória com dois gols de Bruno Henrique e outro de Marquinhos Gabriel e volta a vencer no Brasileiro após duas derrotas seguidas


Bruno Henrique comemora gol do Corinthians
Com homenagens ao agora ex-técnico Tite, que foi para a seleção brasileira, e sob o olhar do novo treinador Cristóvão Borges, o Corinthians voltou a vencer no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Botafogo por 3 a 1 na tarde deste domingo (19), em casa, pela nona rodada da competição.

Antes do jogo, alguns vídeos com depoimentos e momentos do treinador no clube foram exibidos nos dois telões do estádio. Em seguida, Tite recebeu do presidente Roberto de Andrade uma placa comemorativa e deixou o campo.

Visivelmente emocionado, o técnico pegou o microfone e falou algumas palavras à torcida.

"Nós tivemos seis títulos juntos, mas tenho um título que vou levar com a minha família. É a gratidão a vocês", falou o gaúcho, que exibiu uma faixa em que se lia "de coração, obrigado, Corinthians".

Com a vitória, conquistada com dois gols de Bruno Henrique e outro de Marquinhos Gabriel, o time alvinegro voltou a vencer na competição nacional após duas derrotas seguidas e chegou aos 16 pontos, retornando ao G4.

Anunciado nesta tarde (19), o sucessor de Tite e novo treinador corintiano, Cristóvão Borges, foi ao estádio e acompanhou o jogo das tribunas. Ele deverá ser apresentado nesta segunda (20) no CT Joaquim Grava.

A estreia do comandante recém-contratado deve ser já na próxima quarta-feira (22), quando o Corinthians enfrenta o Atlético-MG, às 21h45, em Belo Horizonte.

O JOGO

Com algumas mudanças no time titular, o Corinthians teve muitas dificuldades de atacar no primeiro tempo. Com as más atuações de Guilherme, Lucca e Romero, a equipe alvinegra errou muitos passes e não conseguiu superar a forte marcação do Botafogo.

Mas, graças a uma tabela entre Fagner e Rodriguinho pelo lado direito, os donos da casa conseguiram criar espaço na defesa adversária e abriram o placar em um belo chute colocado de Bruno Henrique da entrada da área, aos 24min.

Porém, o time paulista vacilou na marcação e permitiu aos visitantes chegarem ao empate logo em seguida. O forte chute de Leandrinho, no entanto, contou com falha do goleiro Cássio, que foi mal no lance e deixou a bola passar por cima.

Depois, o Botafogo continuou bem postado na defesa e surpreendeu o Corinthians nos contra-ataques. Poderia ter ido para os vestiários com a vitória parcial, mas Neilton perdeu gol feito na grande área, e Gervásio acertou a trave, nas duas melhores chances da equipe carioca antes do intervalo.

O time paulista voltou para o segundo tempo com Caíque no lugar de Cássio, que não passou bem. Mas o jovem goleiro corintiano foi pouco exigido, já que os mandantes melhoraram ofensivamente e dominaram boa parte do jogo até o apito final.

Mas o Corinthians precisou de uma bonita jogada individual de Marquinhos Gabriel, logo aos 7min, para ficar novamente em vantagem no placar.

No fim, o jogo ficou mais aberto, com mais espaços no meio de campo. O Corinthians, no entanto, continuou com mais presença ofensiva, principalmente, depois da entrada de André.

Aos 36min, o goleiro Sidão chegou a evitar o terceiro gol em chutes seguidos de Marquinhos Gabriel e Romero. O camisa 1 botafoguense só não evitou a finalização de Bruno Henrique, quase na pequena área, que selou os 3 a 1, aos 43min.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS:Cássio (Caíque); Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho (Willians), Guilherme (André) e Lucca; Romero.T.: Fabio Carille (interino)
BOTAFOGO:Sidão; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo; Fernandes, Bruno Silva, Gervasio Nuñez (Victor Luis) e Leandrinho (Salgueiro); Neilton e Sassá (Ribamar).T.: Ricardo Gomes
Estádio: Arena Corinthians
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Gols: Bruno Henrique, aos 23, e Leandrinho, aos 27min do 1º tempo; Marquinhos Gabriel, aos 7, e Bruno Henrique, aos 43min do 2º tempo
Cartões amarelos: Balbuena, André (C), Fernandes e Victor Luis (B)
Público: 34.747
Renda: R$ 2.023.396,50