09/06/2016 09:02

Réus do caso Martha Cosac são absolvidos

152 Visualizações

Réus do caso Martha Cosac são absolvidos


Empresária Martha Cosac e seu sobrinho, Henrique Talone Pinheiro, de 11 anos, foram mortos a facadas em outubro de 1996, no Setor Sul, em Goiânia.

Após 20 anos do crime e cerca de 30 horas de julgamento, foi proferida nesta quarta-feira (8), a sentença sobre o caso da empresária Martha Cosac e seu sobrinho, Henrique Talone Pinheiro, de 11 anos, mortos em outubro de 1996, no Setor Sul, em Goiânia.

Os réus Frederico da Rocha Talone e o policial militar Alessandri da Rocha Almeida foram absolvidos.

Sete pessoas, cinco homens e duas mulheres formaram o conselho de sentença, que reconheceu a materialidade do crime, mas, pela falta de provas, não atribuiu a autoria do ato aos réus Frederico e Alessandri. Os jurados também não responsabilizaram Frederico pelo crime de furto.

Não houve manifestação do público presente. Depois da sessão, a família do absolvido Frederico, que é primo em terceiro grau da vítima Henrique, rezou um terço. Ele disse à reportagem que acabou de voltar a morar em Goiânia e pretende recomeçar sua vida.

Relembre o caso

Segundo a denúncia do Ministério Público de Goiás (MP-GO), Frederico, que era funcionário da confecção da vítima, e Alessandri, que é policial militar, mataram Martha e Henrique para roubar cheques, cartões e um carro.

Na noite do dia 7 de outubro de 1996, a empresária se preparava para dormir quando foi atender o funcionário no portão. Ela foi atingida por golpes de jiu-jitsu por Frederico, que praticava a luta, agredida por Alessandri, e desmaiou. Após estar com os pés e mãos amarrados foi esfaqueada no peito esquerdo.

O menino foi morto porque teria presenciado o crime. Ele também foi amarrado, teve os olhos vendados, a boca amordaçada, e levou duas facadas nas costas.